8 de julho de 2014

Sem conexão mas com paixão




Copa do mundo em Porto Alegre. Ela não conseguiu entrar no voo aquela manhã. Aeroporto fechado para posos e decolagens. Uma nova antiga manchete de jornal. A neblina não a deixaria participar do compromisso de emprego. O destino era São Paulo. Sem problemas, ficaria online, direto na reunião e sentada na cafeteria. Milhares de pessoas circulando. Incrível, tantas passam por nossa vida, mas sempre focamos em alguém especial. Aquela pessoa, entre tantas, é escolhida para ser nosso amigo. Acontece sem querer. Espontanemente. Foi assim que seu futuro amigo sentou na mesa ao lado. Ele pediu uma taça de café com leite. Ótima ideia para uma manhã truncada. Ela o imitou. Ele parecia ansioso. De certo também perdera uma reunião. Espiava para a tela, vendo se ela conseguia sinal. Ela, sem pestanejar, ofereceu o  ipad. Ele agradeceu, queria acessar um site, rapidinho, dois minutos e tudo estava resolvido. Enquanto isso, ela buscou a bandeja com o café fumegante, o dele e o dela. Estavam na mesa 3 e ele pagou. Uma amizade iniciava ali, sem maiores planejamentos, sem previsões, estatatísticas e feedback. Ele a entenderia como se a conhecesse há anos. Ela o aconselharia, como se a vida fosse fácil de resolver. Segundos depois, uma selfie é postada no facebook. Uma paixão. Direto da mesa da cafeteria do aeroporto.


#segueoblog...




Um comentário:

  1. Os adultos vivem dizendo que a adolescência é um dos perídos mais
    marcantes da vida. Mais o que o adolescente pensa disso?
    (sinopse do meu blog)
    Acessa o meu blog?
    "Blog de uma adolescente"

    http://blogdeumagarotaadolescente.blogspot.com/

    Espero a sua visita, se gostar do meu blog segue lá,
    ficarei muito feliz. Desde já obrigada;
    tenha uma ótima semana, beijos.

    ResponderExcluir