18 de maio de 2013

KIT DE SÁBADO

No post anterior, ela amava de longe. Poderia ser uma amor de infância, amor em preto e branco, que ficou guardado para sempre numa lembrança. Coisas que o tempo não apaga. Amor que pode mudar de rua, de cidade, mas que um dia volta a bater na porta. Parece novela, história de filme, de romance, mas acontece. Por incrível que pareça, houve um tempo em que a imagem era somente em preto e branco. Coloríamos a vida a nossa moda. Éramos simplesmente criativos e dependíamos da imaginação. Até que um dia, tudo se fez cor e a vida precisou de várias tintas para a nova tela ser pintada. As janelas do mundo foram se abrindo em sequência de novas imagens. 
Ouça a música de Phil Collins a seguir e veja a bela imagem em preto e branco. 
Do you remember?




segue o blog...

Um comentário: